Vasco é o 2º time que precisa de menos finalizações para marcar um gol na Série B

A ascensão do Tombense na Série B do Campeonato Brasileiro está ligada à eficiência no ataque. O time minero, que subiu da lanterna para a sexta colocação nas últimas seis rodadas, é o time que menos precisa finalizar para marcar um gol na competição.

Segundo dados do FootStats, o time mineiro precisa de 9,33 arremates ao gol para balançar as redes. O Vasco vem logo atrás, com 10,92 finalizações para marcar. O Operário-PR faz um gol a cada 11,64 tentativas no ataque. Líder da Série B, o Cruzeiro é o quarto aproveitamento, com um gol comemorado a cada 12,31 finalizações (veja o ranking completo abaixo).

Ponte Preta, CSA, Vila Nova-GO e Guarani são os piores times neste quesito. Destes, apenas o clube alagoano não está na zona de rebaixamento, na 16ª posição.

No ranking, chamam atenção negativamente os desempenhos de Sport e Grêmio. O time pernambucano tem a quinta melhor campanha, está à beira da zona de acesso para a Série A, mas tem apenas o 15º melhor desempenho na relação entre finalizações e gols. Já o Tricolor gaúchom quarto colocado, tem apenas a 13ª melhor marca.

O Ituano, por outro lado, surpreende. A equipe é a 14ª colocada na Série B. No entanto, o time de Itu tem o quinto melhor índice de gols por finalização no torneio nacional.

Eficiência nos pênaltis

Algo que ajuda a melhorar a média do Tombense na relação entre finalizações e gols é a quantidade de pênaltis sofridos e convertidos. O Carcará é a equipe que mais teve penalidades a favor, com quatro, ao lado de Sampaio Corrêa e Brusque. Porém, destes três times, só o Alvirrubro tem 100% de aproveitamento da marca da cal.

O Tombense vem de uma sequência de cinco jogos sem derrota sob o comando de Bruno Pivetti. O Carcará tem quatro vitórias e um empate. Esse desempenho fez com que o time mineiro saltasse da lanterna, com sete pontos, para a sexta posição, com 19, a apenas dois pontos do Grêmio, que fecha o G-4.

Confira o ranking de finalizações para cada gol

1. Tombense – 9,33

2. Vasco – 10,92

3. Operário-PR – 11,64

4. Cruzeiro – 12,31

5. Ituano – 12,31

6. Bahia – 12,60

7. Criciúma – 12,71

8. Sampaio Corrêa – 13,07

9. Londrina – 13,83

10. CRB – 14,66

11. Novorizontino – 15,00

12. Chapecoense – 15,11

13. Grêmio – 15,54

14. Brusque – 16,9

15. Sport – 18,00

16. Náutico – 18,09

17. Ponte Preta – 18,62

18. CSA – 19,50

19. Vila Nova-GO – 22,12

20. Guarani – 22,37

Fonte: FootStats (números computados com 13 rodadas disputadas).

Fonte: ge

Author: gctofjv1970

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *